Tako

Fisiculturismo: muita dedicação ao esporte

No fisiculturismo há disputas, que são feitas através de apresentações coletivas ou individuais, em que os jurados irão comparar um ao outro

Por Hélio Carlos em 26/11/2018 às 12:42:08

Dr. Rafael Coelho

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar! Para muitos é algo estranho, uns acham bonito, outros horrível. Para outros tantos algo exagerado. Estamos falando da prática esportiva de fisiculturismo ou adeptos do culturismo, quando atletas, através da musculação, o popular puxar ferro, querem chegar à perfeição do corpo, ou melhor, a definição muscular. No fisiculturismo há disputas, que são feitas através de apresentações coletivas ou individuais, em que os jurados irão comparar um ao outro. Existem posições e ângulos estabelecidos para ressaltar essas definições e composições musculares. São observados: simetria, volume, proporção e a definição muscular. Dependendo da categoria, os homens se apresentam de bermudas ou sungas. Já as mulheres sempre de biquínis. A Federação Internacional de Fisiculturismo (em inglês, International Federation of Bodybuilding?-IFBB), comanda o campeonato mundial, o Mr. Olympia, cujos maiores vencedores foram Lee Haney (oito vezes), Ronnie Coleman (oito vezes), Arnold Schwarzenegger (sete vezes) e Dorian Yates (seis vezes). No Brasil destacam-se: Felipe Franco, Eduardo Correa e Fernando Sardinha. 

Alimentação - A vida de um atleta de fisiculturismo não é fácil. É preciso ter uma alimentação específica, baseada em proteínas para crescer os músculos, mas, sem desprezar os carboidratos de baixo índice glicêmico e as gorduras do bem. É preciso pensar nos ciclos alimentares e o acompanhamento de um médico especializado e nutricionista é essencial neste processo.

Suplementação - a principal suplementação do fisiculturista é a whey protein, além da caseína e a albumina. Outras substâncias como a Creatina é BCAA (Aminoácidos) também são recomendados, além de vitaminas e sais minerais. Dentre as vitaminas destacam-se a "C" e B6. A Vitamina C, por seu efeito anticatabólico reduz a formação do hormônio cortisol no corpo, que é antagônico à testosterona. Hormônios - os hormônios sintetizados ou esteróides anabolizantes não são recomendados pela classe médica. Caso existe a necessidade de modulação hormonal, é preciso o acompanhamento de um médico. Um alto índice de dosagem de testosterona, por exemplo, pode levar a complicações cardíacas, aumento da mama, atrofia dos testículos e infertilidade. Outro hormônio que tem sido popularizado é o GH, denominado hormônio do crescimento, produzido naturalmente pela glândula hipófise, localizada no crânio. 

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro

Pílulas

UPE realiza encontro sobre o dia de combate à AIDS

Em comemoração aos 30 anos do dia mundial do combate à Aids, a Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (FENSG) realiza o primeiro seminário sobre a conscientização do HIV - Aids. O evento acontece no dia 05 de dezembro, no auditório da faculdade, localizada no campus de Santo Amaro, da Universidade de Pernambuco (UPE). O seminário está sendo realizado pelo Projeto Revivaids, que é uma extensão do curso de enfermagem da UPE. O projeto, que surgiu como resultado de uma tese de doutorado defendida pela professora e coordenadora do curso de enfermagem da UPE, Rosário Antunes, visa à conscientização sobre o vírus HIV e auxilia pacientes soropositivos por meio de palestras e ações realizadas tanto no Hospital Escola Oswaldo Cruz quanto nas comunidades.

Dose de saúde

Professor revela atitudes saudáveis

Minha dose de saúde é ter atitudes saudáveis. Tento balancear a minha alimentação com nutrientes essenciais para o meu corpo. Tenho o direcionamento de um nutricionista. Tenho diabetes tipo 2 e meu cuidado com a atividade física é fundamental. Faço pilates duas vezes por semana, além de correr moderadamente todos os dias. Mário Nóbrega é professor universitário. 

O bem faz bem

Coral do Pró-criança abre o Natal da Caixa Cultural 

A CAIXA Cultural Recife será palco da quinta edição do emocionante espetáculo CAIXA de NATAL, que este ano tem como convidada especial a cantora Elba Ramalho. No dia 02 de dezembro de 2018, um total de 38 crianças e jovens do Coral do Movimento Pró-Criança protagoniza a cantata natalina ao lado do guitarrista Paulo Rafael e de Elba. O evento, realizado nas janelas e varanda do prédio da CAIXA Cultural Recife, abre o ciclo natalino na cidade e começa pontualmente às 18h. Milhares de pessoas são esperadas para assistir gratuitamente a apresentação. É importante chegar ao local antes do horário marcado para facilitar a acomodação na Praça do Marco Zero.

Bula

Diabetes e visão

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 14 milhões de pessoas sofrem com a doença no país, mas metade nem sabe. Além disso, estima-se que 80% dos pacientes com qualquer um dos tipos da doença não sabem que ela pode atingir os olhos. Todos os tipos do diabetes podem originar problemas sérios de visão. Em geral, eles começam como micro sangramentos nos olhos, detectados apenas por exames clínicos. Se não diagnosticados no início, podem evoluir para a retinopatia diabética, causada pelo desregulamento de açúcar no sangue. De acordo com Alexandre Ventura, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura, o olho é o primeiro órgão a ser afetado. Com a doença, pode ocorrer sangramentos na retina ou dentro do olho e edema na mácula, que é a área central da retina responsável pela visão de detalhes, cores e leitura. Além de retinopatia diabética, esse problema pode causar glaucoma e catarata. A diabetes é uma causa frequente de cegueira porque o olho é o órgão mais vascularizado do corpo humano. A diabetes afeta os vasos, artérias e veias. Quem tem hiperglicemia, ou seja, glicose aumentada no sangue, vai estar "enferrujando" essas veias e artérias de dentro pra fora. Se o diabético fizer um tratamento periódico, com consultas e exames de rotina, é possível tratar os problemas de visão e, em certos casos, até reverter a situação. hiperglicemia ocorre quando não há insulina suficiente. A doença não tem cura, mas pode ser tratada. Alexandre Ventura é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura.

Alexandre Ventura, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura

Alexandre Ventura, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura - Crédito: Eduardo Siqueira/Divulgação

Fonte: Folha PE